Você sabe o que é overbooking ?

Alguma vez você estava viajando e de repente alguns passageiros tiveram que sair por que não tinha lugar? Ou chegou ao hotel com reserva feita, mas não tinha quarto? Pois isso tem um nome próprio overbooking e se você já passou por isso, ou quer saber os seus direitos caso aconteça com você um dia, então veja o nosso artigo que vamos explicar o que é o overbooking e como agir quando isso acontecer.

 

O que é overbooking

O overbooking de modo simplificado significa quando uma empresa faz uma sobrevenda, ou seja, vendem vagas que não possuem. Nesse caso precisam de dispensar alguns passageiros ou hóspedes.

As empresas tentam o máximo possível evitar o overbooking em suas vendas, mas ainda assim esse não é um evento raro de acontecer. Por isso, o consumidor deve ficar atento aos seus direitos.

De modo geral as companhias aéreas, por exemplo, pode retirar os passageiros do voo com vendas a mais e colocá-los e outros próximos. Já que ao comprar a passagem ou reservar uma vaga o cliente concorda com os termos de vendas, e uma das letras pequenas no termo é sobre o overbooking.

Então leia sempre os termos antes de aceitá-los.

 

Quais os direitos do consumidor

Mas mesmo que esteja nos termos de venda falando sobre o overbooking, o consumidor tem alguns direitos quando isso acontece. E se ele souber exatamente quais são esses direitos, o que pode ou não exigir, além de agilizar a resolução do problema, ainda consegue resolver o problema sem ter que envolver outras pessoas, ou até mesmo sem necessidade de acionar a justiça.

 

Os passageiros tem direito a serem realocados em outros voos, assim como alimentação se a espera for maior do que duas horas e de diária em hotel, caso a espera seja maior do que 4 horas. Se a companhia não oferecer esses benefícios você mesmo pode solicitar, pois está dentro do seu direito.

No caso dos hotéis, eles podem arrumar diárias até terem vagas em outros hotéis da sua rede ou não para o hóspede. Mas caso o hóspede queira fazer o cancelamento, ele pode fazer isso sem ter que pagar nenhuma taxa ou multa. Além de em alguns casos poder receber alguma indenização ou bônus para usar futuramente.

 

Quem deve sair dos voos?

Quando existe overbooking em voos existe aquela dúvida de quem deve sair do voo, primeiramente os comissários procuram por voluntários que possam trocar o seu voo para ir no próximo, de mesmo trecho, oferecido pela companhia.

Em alguns casos a companhia pode fazer um upgrade como agradecimento ao passageiro, e é claro, ainda assim deve pagar o que é direito, como alimentação e hospedagem.

Caso ninguém se voluntarie, os passageiros podem ser sorteados para se retirar, nesse caso além do que lhe é direito, eles também recebem o Direito Especial de Saque, conhecido como DES. Para viagens internacionais o valor é 500 DES e viagens nacionais é de 250 DES. O valor de um DES atualmente gira em torno de R$ 4 reais, mas isso varia de acordo com cada país e suas taxas.

 

Agora que você já sabe o que é overbooking, já sabe como agir caso aconteça com você em sua próxima viagem.

 

4 formas de personalizar sua empresa

Se você tem uma empresa e quer atrair mais clientes, uma maneira é investir em marketing, mas não é apenas o marketing nas redes sociais, anúncios e derivados. Você precisa fazer com que a sua marca ou produto seja reconhecido por todos de maneira visual, ou seja, quando ver a primeira vista já sabe de que se trata da sua empresa e o que ela faz.

Outra maneira de marketing em objetos como camisetas, canecas, canetas, agendas, etc. E se você quer saber algumas formas de personalizar sua empresa e ter mais clientes, então continue lendo que vamos contar tudo a você.

 

Personalize produtos

Personalizar os objetos de brinde para clientes e até mesmo para os seus funcionários é uma ótima e barata opção, isso porque eles irão levar esse brindes para casa e outras pessoas acabam conhecendo a sua empresa.

E se você não quiser terceirizar, pode fazer tudo in loco, com uma máquina de estampar camisetas ou estampar canecas você mesmo consegue personalizar os produtos. Uma das vantagens é que assim você controla a quantidade de estoque e quando precisará de fazer mais brindes.

Você pode ainda investir em outros tipos de brindes personalizados, como canetas, agendas e calendários. Possuem baixo custo de produção e ainda são muito usados.

 

Tenha uma logomarca que chame atenção

Se sua empresa não tem uma logomarca você já está ficando para trás, caso já tenha uma logo, talvez seja uma boa ideia rever se ela está representando bem a sua marca. A logomarca é responsável por chamar atenção do seu cliente e de outros possíveis clientes. Que ao verem a sua logomarca e slogan logo vão assimilar ela com os serviços oferecidos pela empresa.

Então se você quer personalizar a sua empresa, precisa de ter uma logomarca que chame atenção e ao mesmo tempo traduza tudo o que a sua empresa faz.

 

Esteja presente nas redes sociais

As redes sociais são de extrema importância para se conseguir personalizar a sua empresa, pois hoje em dia todo mundo está online, e empresas que não têm perfis estão ficando para trás e perdendo clientes.

Mas para ter redes sociais com o intuito de personalizar sua marca é preciso ter um planejamento de marketing digital para que você não acabe ficando conhecido pelos erros do que pelos acertos na rede.

Por isso, se você não tem conhecimento sobre o assunto é importante que você contrate especialistas no assunto ou estude a fundo como ter redes sociais personalizadas e que levem sua marca e transmitam a mensagem da sua empresa para os clientes e para os futuros clientes.

 

Invista no atendimento

O atendimento aos clientes e futuros clientes também é uma maneira de personalizar a sua empresa. Pois quando se tem um time de atendimento que atende bem você consegue ganhar reputação com os clientes, que vão também contar isso para outras pessoas e que poderão vir a se tornarem clientes no futuro.

Essas são algumas maneiras de personalizar a sua empresa, focando em atrair mais clientes, apesar de parecerem simples, são estratégias que realmente funcionam e que você terá bons resultados se executá-la da maneira certa.

Veja como evitar golpes em seu negócio

Quem é empreendedor sabe que corre o risco de sofrer algum tipo de golpe em seu negócio. A cada dia que passa, pessoas más intencionadas intensificam suas táticas de golpes contra diversos estabelecimentos causando grandes prejuízos, entre eles o roubo de dados, ações de estelionatários, furto em seu estabelecimento e os conhecidos calotes.

Desse modo, o melhor modo de evitar que golpes ocorram em seu negócio é a prevenção. É preciso que você fique atento a qualquer atitude suspeita e também aderir a algumas medidas preventivas. Veja agora algumas dicas de como evitar golpes em seu negócio.  

Utilize antivírus em transações online

É imprescindível que você como empreendedor utilize um bom antivírus para a realização de transições online. Há todo momento, cresce o número de hackers que vivem desenvolvendo meios para roubar dados e informações importantes como, por exemplo, dados e senhas bancárias.

Você precisar ter esse cuidado em especial, se o seu negócio atua no âmbito virtual.  Por isso, instale um antivírus de qualidade e mantenha sempre o seu computador atualizado. Evite se possível, usar computadores de terceiros para digitar algum dado de sua empresa. Desconfie de aplicativos que você não saiba a procedência ou que não tenha indicação.

Veja os documentos com atenção

Se o seu negócio trabalha com sistema de crediário, é muito importante que todos os documentos sejam analisados com atenção. Ao tentar fazer uma transação, peça ao cliente que mostre os seus documentos originais com foto.

Caso a foto seja recente em um documento que foi emitido há muitos anos, desconfie. Peça para o cliente explicar por meio de provas, o porquê de uma foto nova em um documento antigo.

Confira com atenção outros detalhes como, por exemplo, o nome. O nome contido no RG deve estar do mesmo jeito apresentado no comprovante de residência, sem abreviações, pois essa é uma das estratégias dos golpistas.

Instale câmeras de segurança

Instalar câmera de segurança em seu estabelecimento também vai ser de grande ajuda para evitar um dos golpes mais comuns, o golpe por parte de funcionários. Algumas empresas sofrem golpes de onde menos se esperava, nesse caso, de associados ou colaboradores.

Por isso a câmera é uma peça fundamental para prevenir que acontecimentos como esse ocorram. Ela também vai ajudar contra pequenos furtos que ocorrem em estabelecimentos comerciais, que visivelmente não possui esse tipo de proteção. Então, a dica é: independente do seu negócio instale uma câmera, pois segurança nunca é demais.

Evite vender para receber depois

Outro tipo de golpe muito comum estar na venda para receber depois, o famoso ‘fiado’. Para evitar vender “fiado” você pode adquirir uma maquina de cartão de crédito para MEI. Hoje em dia, dificilmente uma pessoa não possui ou não conheça alguém que tenha um cartão de crédito, que poderá usar para realizar compras.

Sendo assim, implemente em seu negócio a maquina de cartão de crédito para MEI, que é uma das formas mais seguras de realizar uma venda.

Confira antes de pagar

Antes de pagar qualquer coisa, confira antes. De modo geral, os empreendedores costumam pagar muitos impostos e também boletos.

Porém, o golpe do boleto falso tem se tornado muito comum. Eles costumam vir com o nome semelhante a de uma instituição verdadeira, com vencimento rápido e por isso, alguns empreendedores terminam pagando.

Confira todos os boletos que precisam ser pagos, se preciso, fazendo uma breve pesquisa junto a órgãos competentes.

Veja 8 erros que devemos evitar em nosso currículo

Algumas pessoas não sabem o que precisam colocar ou o que devem evitar em um currículo. As dúvidas mais comuns giram em torno da foto, se deve ou não colocá-la, ou a quantidade de páginas que um currículo deve ter.

Todo mundo sabe que o currículo é um instrumento importante para chamar atenção do empregador e conseguir a tão sonhada oportunidade de emprego. Para acabar com algumas dúvidas sobre como elaborar um currículo correto, vamos te dar algumas dicas.

Ausência ou excesso de informações pessoais

Quando o currículo não informa logo de início alguns dados importantes, o recrutador perde o interesse por que terá que demandar mais tempo procurando a informação, que ou não tem ou estar perdida no meio de tantos dados.

O seu currículo não pode deixar de ter informações pessoais como telefone de contato e endereço atualizado, idade, email, entre outros dados que diz respeito a qualificações e experiências profissionais.

Mas algumas informações são desnecessárias como, por exemplo, a numeração da carteira de identidade e do CPF. Dados como esses devem ser fornecidos apenas se forem solicitados pelo entrevistador.

Evite aqueles modelos que contém títulos com definições como ‘Curriculum Vitae’, antes procure deixá-lo uniforme. Um currículo sem um padrão uniforme é um erro, para isso existem os modelos de currículos.

Mentir nas informações

Mentir no currículo é um dos erros mais cometidos por aqueles que desejam uma vaga de emprego. Mas isso não vai ajudar e pior ainda, atrapalha e muito. Então seja claro nas suas informações, inserindo apenas o que você já fez ou está fazendo. Se não, caso você seja escolhido será descoberto.

Omitir informações

Não omita informações. Por exemplo, deixe claro quantos anos estar sem trabalhar, ou sobre a última experiência profissional. Deixe tudo esclarecido para evitar que o entrevistador fique desconfiado. Atualmente, existem muitos modelos de currículos que podem te ajudar nisso.

Escrever errado

A primeira impressão que o empregador vai ter de você, será por meio do seu currículo. Por isso, evite cometer erros de português seja no currículo impresso ou em arquivo de Word. Os erros ortográficos passam a imagem de uma pessoa descuidada, e você pode evitar isso por fazer uma revisão antes do envio.

Não descrever logo seus objetivos

Logo de início, deixe transparente a sua meta profissional e a área que você quer trabalhar. Faça um pequeno relato sobre suas experiências e relate as funções exercidas em cada local que trabalhou.

Resumir demais suas experiências

Esse erro é muito cometido por pessoas que ficam preocupadas com a quantidade das páginas. Não resuma suas experiências, mesmo que para isso você precise adicionar mais uma página ao currículo.

Lembre-se que a equipe de recursos humanos precisa ter informações suas, e isso não vai acontecer se você colocar apenas meia dúzia de palavras no currículo. Por este motivo, coloque todas as suas experiências, preferencialmente em temas.

Dizer o salário que deseja ganhar

Não cometa o erro de dizer no currículo o quanto você quer ganhar. O valor do salário é um assunto para ser conversado no momento da entrevista. Isso pode assustar o recrutador e você pode perder a vaga.

Foto inapropriada

O ideal é não colocar a foto, somente se a empresa pedir. Mas caso você coloque, evite aquelas em que você aparece com parentes, amigos ou em algum evento. A foto ideal é aquela que é formal, preferencialmente com o fundo neutro.

Conheça os melhores bairros do Rio de janeiro

O Rio de Janeiro tem uma grande quantidade de bairros onde se pode morar com muita qualidade de vida.

Certamente, alguns fatores pesam na melhor definição do que é qualidade para cada pessoa – pode ser a segurança, ou a proximidade da praia ou a disponibilidade de serviços.

Podemos considerar que alguns reúnem todas ou a maioria dos fatores que levam as pessoas a escolher um bairro. Conheça os melhores bairros do Rio de Janeiro e você pode fazer a sua próxima escolha de moradia na cidade.

01 – Leblon

Em meio a tantos bairros de alto padrão na Zona Sul, considerada a região mais cara da cidade, o Leblon se destaca por diversos aspectos.

É um bairro com uma ótima localização geográfica; tem uma faixa litorânea e está entre Ipanema e a pedra que dá início à Avenida Niemeyer, criando um efeito de isolamento, sem estar espremido entre dois bairros movimentados .

A praia é a mais tranquila e menos movimentada da orla. O bairro tem ótima infraestrutura de serviços e lazer, além de shopping centers e fácil acesso a diversos bairros, como a Lagoa, a Barra e o Jardim Botânico, além de Ipanema.

02 – Urca

Considero o mais bairro mais charmoso do Rio, a Urca é um recanto bucólico em meio à agitação próxima de Copacabana. Ele é muito pequeno, com ruas estreitas e um clima preguiçoso típico de uma cidade litorânea fora da cidade.

As construções tem limitação grande de gabarito e as casas ainda são maioria no bairro, onde a oferta de imóveis é baixa, não só pelo tamanho como também por ser um bairro basicamente de militares, com filhos e netos herdando e morando. Além disso, a segurança é o ponto forte da Urca em relação a outros bairros.

03 – Botafogo

O bairro de Botafogo reúne todas as funcionalidades que esperamos de um bairro. Ele fica em uma região final da Zona Sul e relativamente agitada, mas com uma área bastante grande e muito comércio e serviço em todas as suas ruas.

Dos belíssimos apartamentos Botafogo é possível ter algumas das melhores vistas da cidade. Tem também uma boa concentração de escolas e algumas faculdades e shopping centers.

Possui uma vida noturna das melhores da cidade, espalhada por várias ruas, entre restaurantes, bares, algumas salas de cinema de rua que ainda resistem (e são ótimas) e o Baixo Botafogo, com uma concentração de bares e muita agitação, importante para a sensação de segurança do bairro.

04 – Recreio

Este é o bairro mais jovem da cidade e que, por este motivo, nasceu de forma planejada, aprendendo as lições de desordenamento da vizinha e gigante Barra da Tijuca.

O Recreio reúne a qualidade de vida em condomínios fechados e também em imóveis a beira-mar com gabarito limitado, mantendo o clima de balneário e ajudando a preservar as joias do bairro: as praias mais remotas e belas da cidade.

Elas são paraísos dos surfistas, algumas têm pouco movimento mesmo nos fins de semana  e todas são ladeadas por grandes áreas de verde preservado. O comércio do bairro cresceu bastante nos últimos anos, além de ser próximo dos shopping centers da Barra. É considerado um bairro seguro.

05 – Leme

Este simpático e pequeno bairro fica localizado antes do começo de Copacabana, na região litorânea da Zona Sul. Seu mar é um dos melhores para o mergulho e possui um clima tranquilo com seus prédios na maioria tradicionais.

É muito procurado por turistas quando querem um refúgio da agitação de Copacabana, para caminhar e aproveitar o jeito preguiçoso de estar no Rio.

 

Qual a principal diferença entre um banco digital e um banco presencial?

O bancos digitais surgiram na esteira de todas as inovações nas relações de comércio dos últimos anos: a virtualização total e comodidade máxima para o cliente.

Eles têm uma proposta muito simples: o cliente tem uma conta bancária onde pode fazer todas as operações básicas de um banco comercial, tem mais liberdade e contar com um suporte mais eficiente na parte de investimentos e não precisar mais ir na agência.

É um modelo que tem crescido bastante em todo o mundo e no Brasil está despertando o desejo de muitas pessoas, especialmente aquelas que não querem ter trabalho presencial algum para resolver seus problemas bancários.

Mas em meio a tantas vantagens, qual a principal diferença entre um banco digital e um banco presencial? É o que veremos a seguir. E se você quer começar com um banco digital você pode abrir uma conta Sofisa.

Existe uma diferença principal entre banco presencial e banco digital?

Podemos dizer que não.

Na verdade, existem dois modelos de negócio muito diferentes, com propostas específicas, e dentro de cada um as características que podem tornar um mais vantajoso que o outro, conforme o perfil do cliente.

A idade é um fator decisivo na escolha do modelo de banco

  1. Pessoas da terceira idade tendem a preferir os bancos presenciais, pois já vivenciam há muitos anos este modelo, baseado no relacionamento com o gerente e os funcionários. E muitos têm dificuldades com o uso da tecnologia – muitos bancos ainda mantém suas equipes de atendimento a clientes para os terminais eletrônicos nas agências.
  2. Jovens são atraídos pelo modelo digital. Nasceram em um mundo onde praticamente não entram mais em lojas físicas – tudo é feito pela internet. Certamente um banco é o último lugar que eles querem ir.

A classe social é um fator decisivo na escolha do modelo de banco

  1. Pessoas de maior poder aquisitivo preferem o modelo digital, pois sabem que o relacionamento com o gerente, hoje em dia, se resume a scores de produtos na conta e raramente os gerentes atendem nas agências.
  2. Já as pessoas de menor poder aquisitivo ainda dependem muito de saques e cheques para o comércio, dois itens onde o banco presencial ainda é imbatível para que realmente precisa.

Quais as vantagens de um banco digital?

De uma forma geral, os bancos digitais atendem o principal: tarifas muito baixas ou até nenhuma em alguns bancos.

Isso se deve à ausência de estrutura física de agências, de grande número de funcionários e equipamentos – o banco digital tem um número pequeno de pessoas e pode funcionar até mesmo em uma sala comercial, já que tudo dele se resume aos sistemas e aplicativos que são criados.

Outro aspecto importante é a comodidade: tudo se resolve pela internet, usando o site e o aplicativo do banco. Até mesmo um depósito em cheque pode ocorrer digitalmente.

E por fim, os correntistas tem a grande liberdade de usar todos os serviços oferecidos e principalmente os de investimentos – praticamente todos os bancos digitais foram criados a partir de bancos de investimento, o que resulta em ferramentas digitais mais simples e seguras para os produtos financeiros.

 

Trabalhos de freelancer: veja o que pode dar certo

O mercado de freelancers está crescendo cada vez e chegando a um número maior de atividade, incluindo algumas que eram tradicionalmente feitas dentro das empresas, por empregados.

Com o tempo, as empresas perceberam que o custo para ter determinadas atividades e setores inteiros era grande em relação ao benefício; era preferível definir os projetos, estabelecer as necessidades e contratar profissionais independentes – os freelancers – para atuar em diversas etapas.

Mercado e freelancers: o jogo de ganha-ganha

Por outro lado, para os freelancers é uma grande vantagem, poder atender vários clientes, negociar preços conforme a complexidade e o prazo, e trabalhar de casa, sem o custo de ponto comercial e despesas operacionais.

Com esse encontro de interesses, a tendência é continuar expandindo, não só em variedade de atividades mas na oferta de serviços, com mais empresas adotando o modelo.

Veja o que pode dar certo no trabalho de freelancers. Certamente um talento seu pode se beneficiar deste modelo de negócio.

Cuidados para trabalhar como freelancer

Como todo negócio próprio, é preciso ter uma estratégia de mercado para vender-se como freelancer. Vamos falar de alguns cuidados:

Defina uma especialidade

Você tem muitos talentos com os quais pode conseguir trabalhos e guardar dinheiro? Mas no começo, o ideal é especializar-se em um deles e fazer toda a sua estratégia sobre ele.

Dessa forma, você constrói a sua reputação no mercado, torna-se reconhecido e também se acostuma com o ritmo de trabalhos e entregas. Assim que sentir-se seguro, pode incluir uma nova habilidade e assim expandir seu negócio aos poucos.

Precifique-se com realismo

Fazer um preço muito baixo, além de dar ao cliente a dúvida sobre a qualidade (preço baixo, desconfie, lembra?) também vai dificultar para subir quando o seu movimento estiver bom e você quiser apostar na demanda.

Por outro lado, um preço alto dificulta a entrada no mercado, mesmo que você esteja certo de que vai entregar um trabalho diferenciado – mas o mercado não conhece, e a concorrência é grande.

Regularize-se já

Você vai atender empresas, que tem a sua burocracia e só pagam mediante uma nota fiscal. Por esse motivo, é importante começar com um regime fiscal definido.

O ideal para freelancers é o MEI (Microempreendedor Individual), que tem o custo de imposto mais baixo entre todas as opções e é muito simples de abrir um cadastro. Você poderá emitir a NF no site da Receita municipal.

01 – Designers

Esta é uma das atividades mais procuradas no mercado freelancer, para quem gosta de criação e desenvolvimento de projetos de produtos, soluções digitais e campanhas, entre outros.

É um serviço essencial para as empresas e marcas no mercado digital, onde a qualidade visual e a conexão simples com o público-alvo são fundamentais.

02 – Redatores de Conteúdo

Os conteúdos são a forma mais profunda de interagir com a audiência e obter tráfego, cliques e vendas. Para isso, é preciso investir em construção textual de alta qualidade e recursos de otimização (SEO).

Porém, construir textos não é algo simples (vide o terror da Redação nos concursos), por este motivo as empresas preferem contratar redator freelancer que dominem essas técnicas para ganhar eficiência, agilidade e qualidade nas publicações.

03 – Produtores de Vídeo

Os vídeos estão se tornando veículos mais eficazes de criação de conteúdo, portanto as empresas estão começando a investir em formas de produção.

Vídeos não são um dia a dia de produção nas empresas e contratar freelancers é uma opção quase imediata, para ganhar com o know-how do profissional e produzir com rapidez.

04 – Programadores

Se você domina novas linguagens de programação, para aplicações de desktop e aplicativos, esse é um mercado muito promissor.

As empresas querem investir em sistemas de gestão específicos de seu negócio, que sejam mais leves e focados, e principalmente para aplicativos visando aumentar a abrangência de seus produtos e serviços.

O trabalho de programação é bastante específico e um profissional freelancer qualificado terá mercado, com projetos de alto valor.

 

Veja o que estará em alta no mundo tecnológico nos próximos anos

Se há algo que nos surpreende a todo instante nas últimas décadas é a tecnologia. Ela saiu de um papel coadjuvante em algumas atividades para ser protagonista e com um papel estratégico fundamental para todos os negócios.

Hoje não conseguimos imaginar uma residência ou uma empresa, de qualquer porte e segmento, que possa abrir mão de usar a tecnologia para todas as suas operações cotidianas.

E também – e principalmente – as empresas precisam estar no mundo tech para alcançar mais clientes e vendas. Estar online e com uma alta capacidade de comunicação e troca de experiências com clientes no mundo todo.

Mas será que a Tecnologia ainda tem mais espaço para crescer?

Podemos dizer que sem dúvida, sim. Ainda existe espaço para encurtar virtualmente as distâncias, melhorar as tecnologias atuais para diversas atividades.

E na verdade é o que vem acontecendo e sem modéstia alguma: tudo que se apresenta como nova tendência é tão revolucionário quanto o que revolucionou até agora.

Veja o que estará em alta no mundo tecnológico nos próximos anos e prepare sua vida e seu negócio para voos mais altos!

A Internet das Coisas

Certamente você já ouviu falar deste termo, mas ele ainda é estranho à grande maioria das pessoas – o que é normal quando falamos de novas tecnologias.

A Internet das Coisas é o que o próprio nome sugere: equipamentos, objetos, prédios, veículos interligados entre si e trocando uma quantidade imensa de informação a respeito de seus usuários. É uma forma revolucionária nas relações de consumo:

  • Na forma como empresas irão conhecer seus potenciais clientes e monitorar a base existente, a partir da interpretação dos dados;
  • No investimento das empresas em smart products (produtos inteligentes) que não só atendem a sua finalidade principal, mas oferecem novas experiências relacionadas ao produto e ao perfil do consumidor dele.

Hoje os carros inteligentes já são uma realidade, entregando funcionalidades que congregam as diferentes mídias. Em dois anos, devemos ter em torno de 250 milhões de automóveis originalmente conectados à Internet.

E é apenas um exemplo: sua geladeira, seu fogão e até sua aparelhagem de som terão tecnologia embarcada para trocar dados com outros aparelhos e empresas.

Computação Quântica

Toda a tecnologia disponível para a velocidade de processamento de bilhões de computadores e dispositivos móveis no mundo todo já está chegando ao seu limite.

Porém, já existe o desenvolvimento da computação quântica, que é a tecnologia de processamento em níveis que são inimagináveis para nós atualmente.

Em uma comparação realista – porque a tendência será essa – será como ter um computador da NASA em termos de processamento em casa, em alguns anos – o mistério hoje em dia não é mais ser possível e sim quando acontecerá.

Processar uma macro do Excel em um piscar de olhos? Escanear um computador em 10% do tempo atual? Podemos imaginar o nível de resposta aos comandos de jogos do FRIV usando a tecnologia quântica.

Sem dúvida será um avanço gigantesco para suportar uma sociedade cada vez mais hiperconectada e em tudo.

Impressão 3D

Já convivemos com esta tecnologia revolucionária, e que está apenas no começo. Há muito de aplicação comercial e social para as impressões 3D.

O grande diferencial de processo é que, enquanto na manufatura tradicional, objetos são produzidos a partir de cortes e moldagens de placas de materiais (usinagem), na manufatura 3D eles são produzidos a partir de camadas do material, sobrepostas, de forma a criar o blogo nas medidas exatas que o software definiu previamente.

É um ganho de tempo e de material considerável. Além disto, e como uma vantagem considerável nesses tempos de clientes mais exigentes, a tecnologia 3D permite a criação de produtos customizados sem recorrer à larga escala.

 

4 coisas que podem estar atrapalhando suas vendas online

Você tem um ótimo produto, com um bom posicionamento de preço e certamente conquistará muitos clientes. Mas suas vendas estão bem menores do que as expectativas mais realistas.

O que podem estar acontecendo? Não é uma resposta simples no mundo digital.

Ele é construído por uma série de definições, estratégias, métricas e principalmente: tudo muda o tempo todo. Um novo concorrente, com estratégias mais eficientes, conquista mercado com muita mais rapidez no mercado online do que no mundo físico.

Então, separamos 4 coisas que podem estar atrapalhando suas vendas online. O assunto não se esgota aqui, mas pode ser uma excelente forma de você reavaliar a forma como seu negócio está sendo conduzido e retomar a rota do sucesso de vendas.

01 – Sua Persona está corretamente definida?

Imagine uma loja online de flores onde você foi aumentando o portfólio com produtos sofisticados – presentes, cestas, flores mais raras – mas eles não vendem. Mas as pessoas que compram estes itens sabem que você vende eles?

Definir a Persona é uma das tarefas mais complexas dentre as resoluções de Marketing Digital – e revisar constantemente se os parâmetros da Persona estão alinhados com o que está acontecendo no mercado é fundamental.

A partir da Persona, todas as estratégias são construídas ou redefinidas – canais de comunicação a ser usados, perfil dos conteúdos, precificação e muitas outras.

02 – Você está usando os canais de comunicação certos?

Um blog é imprescindível para expandir a sua marca através dos conteúdos, da comunicação com os visitantes, é ali que tudo começa. O site é fundamental pelo motivo óbvio: ser o ponto comercial para as conversões que ocorrerem nos demais canais.

Nas redes sociais, por mais importantes que elas sejam para o comércio online – e são – investir em todas pode ser um grande desperdício de duas riquezas para o sucesso de vendas: tempo e esforço criativo.

Busque aquelas onde o público predominante seja alinhado com os seus produtos e serviços. Se você vende peças para carros, certamente o Instagram não trará retornos que justifiquem o investimento.

Ao escolher os canais corretos, você foca energias suas e da equipe e consegue entender melhor os resultados que os canais trazem.

03 – Você está segmentando seus Leads corretamente?

Nada pode ser mais improdutivo e até prejudicial para o negócio do que enviar e-mails marketing sobre todos os assuntos para toda a base de clientes.

Segmentar a base de Leads é fundamental para que os clientes se sintam realmente valorizados e, principalmente, abram seus e-mails porque se tornaram poucos e interessantes.

Outro grande benefício é otimizar a estratégia do Funil de Vendas Marketing Digital e com isso aumentar muito os Leads e a taxa de conversão.

04 – Seu conteúdo está interessando seus potenciais clientes?

Aqui falamos:

Da qualidade dos seus conteúdos

Se são relevantes, atraentes e com a linguagem adequada ao público-alvo dos seus produtos e serviços.

Da estruturação de SEO

Ela é essencial para que seus conteúdos ganhem mais visibilidade nos mecanismos de busca – e isto depende diretamente do profissional responsável por ela.

Da frequência de postagem

Publicar pouco ou publicar muito podem ser maneiras opostas de tirar o interesse pelos seus conteúdos. Invista em uma frequência intermediária – 2 vezes por semana, por exemplo, dependendo do assunto – e avalie a resposta através dos cliques nos links nos e-mails, visualizações e comentários.

Dos canais usados

Se o seu produto é estético e depende muito do visual, o Instagram é o melhor lugar para postar seus conteúdos. O casamento público/canal/conteúdo é a base de sucesso para conquistar mais volume de clientes, Leads e vendas.

 

4 suplementos naturais para ajudar no seu condicionamento físico!

Todos nós sabemos que uma alimentação balanceada, noites de sono reparador e muito consumo de água formam um conjunto infalível para quem deseja praticar exercícios e ganhar condicionamento físico.

Mas a realidade, para muitas pessoas, costuma ser bem diferente:

  • Não conseguir alimentar-se diariamente desta forma, gerando carências de vitaminas e minerais por causa da rotina cheia de compromissos e volume de trabalho, levando junto o consumo de água, cada vez mais restrito dentro do dia.
  • Os problemas e desafios tomando mais espaço da mente e piorando a qualidade do sono.
  • Deixar maus alimentos – excesso de açúcar para ganhar energia, produtos industrializados – entrarem na dieta, sabotando a disposição e prejudicar os treinos.

Os suplementos naturais surgiram para ajudar a suprir o organismo dos nutrientes que ficam perdidos no meio da dieta e com isso ajudam a potencializar. Vamos falar de 4 suplementos naturais para ajudar no seu condicionamento físico e melhorar os seus treinos.

01 – Maca Peruana

Este tubérculo originado dos Andes Peruanos transformou-se numa das estrelas da suplementação natural nos últimos anos. Muitas pessoas conhecem seus efeitos comprovados na melhoria do desejo sexual e no auxílio ao emagrecimento.

Porém, ela também atua em uma série de outros benefícios, pela grande quantidade de nutrientes que possui – vitaminas, minerais, fibras e outros.

Tem o efeito revigorante e ajuda no aumento da força e da resistência muscular. Além disso, protege o coração com seu efeito regular do mau colesterol e vasodilatador, além de elevar as taxas do bom colesterol.

Também ajuda no controle das gorduras no sangue e da hipertensão, e tudo isso se traduz em um organismo com uma circulação sanguínea com qualidade, com efeitos imediatos no condicionamento físico.

02 – Whey Protein

Grande estrela dos últimos anos nas academias, o Whey Protein é a proteína extraída do soro do leite e que é rapidamente digerida pelo organismo.

Tem grandes quantidades de aminoácidos essenciais e concentrações de diversos nutrientes que geram energia para o funcionamento do corpo, melhorando o performance física e protegendo a atividade cardiovascular.

Também é indicado para elevar os níveis de força, prevenir a perda de músculos, e aumentar o ganho de massa muscular durante os treinos pesados.

03 – Tribulus

Conhecida cientificamente como Tribulus Terrestris, essa erva medicinal, muito consumidas na Índia e na China, possui diversas e importantes propriedades para a saúde.

 

Veja para que serve o tribulus é considerada um anabolizante natural – e está muito longe das fórmulas anabolizantes tradicionais, por ser consumida a partir apenas do extrato da planta. Mas a comparação se dá pel       a alta concentração do hormônio testosterona, devido à presença e reação de diversas substâncias.

Além disso, ela pode ajudar a controlar a pressão arterial, reduzir os triglicerídeos e ajudar no ganho de massa muscular. E atua também na redução do inchaço, por sua propriedade diurética, o que elimina um grandes desconforto durante os treinos, aumentando a disposição.

04 – Albumina

Também bastante conhecida nas academias, é a proteína isolada da clara do ovo, com alto valor biológico. Em nosso organismo, a albumina é a principal proteína no sangue.

Tem a propriedade de ajuda no ganho de massa muscular, na perda de peso, proporciona a saciedade por ser rica em proteínas que têm uma digestão mais lenta.

Portanto, a albumina é tratada somo suplemento alimentar natural para pessoas que praticam esportes e outras atividades físicas.